URCA terá concurso para preenchimento de 184 vagas, o maior na história da Instituição

3 de Maio de 2022 - 22:04

A Universidade Regional do Cariri (URCA) vai abrir concurso para o provimento de 184 vagas para professor dos diversos cursos da instituição. O edital do concurso público foi publicado na última sexta-feira, 29, no Diário Oficial do Estado do Ceará. O certame representa um marco na Universidade, por chegar a um aumento de praticamente 50% das vagas de docentes já existentes na instituição.

As vagas serão para os cargos de Professor Auxiliar, Assistente e Adjunto em todos os Campi da URCA em Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Campos Sales, Iguatu e Missão Velha e para o curso a ser criado em Mauriti, nas áreas das Ciências exatas e da terra, biológicas, da saúde, agrárias, sociais aplicadas, humanas, Educação, Linguística, Letras e Artes e Engenharia. As vagas também serão destinadas aos novos cursos de Medicina e Turismo.

O concurso contempla vagas ofertadas para candidatos negros e para pessoas com deficiência (PcDs). Os salários poderão chegar a R$ 11 mil.

Inscrições

As inscrições para o concurso da Universidade Regional do Cariri (URCA), poderão ser realizadas a partir dos 30 dias corridos da data de publicação do edital no Diário Oficial, e acontecerão através do site da URCA, através do www.urca.br/portal2. O processo estará aberto por 30 dias. As inscrições serão realizadas unicamente através do portal da URCA.

Para realizar a prova os candidatos deverão atender a requisitos estabelecidos no edital, entre eles ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro com visto permanente; e no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo Estatuto de Igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos;

Estar em dia com as obrigações eleitorais, e militares, para candidatos do sexo masculino; Ser portador do diploma de graduação exigido, para o setor de estudo de opção do candidato, obtido em curso superior reconhecido por órgão competente, expedido por instituição de educação superior nacional credenciada, ou por instituição estrangeira, desde que revalidado nos termos da legislação vigente. Além disso, ter a formação acadêmica exigida, para o setor de estudo de opção do candidato, com titulação obtida em programa de pós-graduação reconhecido por órgão competente, expedido por instituição de educação superior nacional credenciada, ou por instituição estrangeira, desde que revalidado nos termos da legislação vigente.